maio 03, 2013

Ao Pormenor: A aldeia das mulheres - girafa

A tribo "Red Karen" ( tribo das mulheres - girafa) é uma minoria étnica de raizes tibetanas originária de Mianmar.
No final dos anos 80 e devido a um conflito militar em Mianmar, grande parte desta tribo emigrou para o norte da Tailândia onde se estabeleceu. Actualmente muitas dessas tribos abriram as suas portas ao turismo, actividade que passou a ser o seu principal sustento.

A estranha e bizarra tradição do uso de aneis no pescoço dos elementos femininos, tem suscitado muito interesse e variadas teorias por parte dos turistas.
As raparigas da tribo começam a usar os aneis logo aos 5 anos de idade, e à medida que os anos vão passando mais aneis vão sendo adicionados e ao contrário do que se pensa, o pescoço não é alongado! Este aspecto é conseguido devido à deformação da clavícula provocada pela pressão dos aneis.

Porque razão são usados os anéis? Isso é uma boa pergunta cuja resposta parece ter sido esquecida ao longo dos tempos. O guia avançou a teoria mais discutida que, segundo a qual, o uso de anéis no pescoço das mulheres as protegia contra ataques de tigres, que como se sabe, atacam principalmente no pescoço e por trás apanhado desprevenidas as vítimas. Pesquisando um pouco mais descobri outras teorias mas..., esta é a mais interessante, "turisticamente" falando!!

Estas aldeias, agora abertas ao público, não são mais do que autênticos "zoos" na opinião de muitos turistas. Há quem goste e há quem não goste, mas o que é certo é que a curiosidade por vezes fala mais alto!





Foto Por: Artur Pereira

 











Para visitar uma das tribos das mulheres - girafa tem várias opções. Poderá viajar para Chiang Mai ou Chiang Rai no norte da Tailândia e comprar uma excursão numa agência local (ter em atenção a reputação da agência.Por vezes não está incluído o seguro) ou pela internet.
Poderá combinar esta visita com outras opções que podem incluir uma visita a um campo de elefantes, uma quinta de orquídeas, um passeio de jangada ou rafting, um trekking, entre outras...
Confira aqui algumas opções:


Reacções:

0 comentários: